Willkommen auf den Seiten des Auswärtigen Amts

BNDES atinge R$ 1 bilhão desembolsado pelo Fundo Amazônia

Amazonas

Flooded forest, Amazon river, Amazona state, Brazil | Verwendung weltweit, © Arco Images

Artigo


Resultados foram apresentados na quarta-feira, 31, aos governos da Noruega e Alemanha, principais doadores da iniciativa. Foi realizada prova de conceito para a utilização da tecnologia blockchain nos desembolsos do Fundo, o que deve ampliar transparência
 


Gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em coordenação com o Ministério do Meio Ambiente, o Fundo Amazônia atingiu no mês de outubro a marca de R$ 1 bilhão em desembolsos. Os dados foram apresentados nesta quarta-feira, 31, na sede do BNDES, no Rio de Janeiro, a representantes dos governos da Noruega e da Alemanha, que são os principais doadores da iniciativa (além deles, a Petrobras também é doadora).

Criado em 2008, o Fundo Amazônia tem uma carteira de 102 projetos apoiados, no valor total de aproximadamente R$ 1,8 bilhão. Com o apoio do Fundo, já foram cadastrados 530 mil imóveis rurais, etapa relevante do processo de regularização ambiental do agronegócio, bem como foram aperfeiçoados os sistemas de monitoramento do desmatamento por satélites no Brasil e em outros países da Amazônia regional. Adicionalmente, o investimento em capacitação de bombeiros militares, formação de brigadas civis, aquisição de equipamentos e implantação da primeira base aérea de combate a incêndios florestais da Amazônia, no município de Sorriso (MT), contribuiu para que, em 2017, a taxa de combate de incêndios fosse três vezes maior do que a média anual entre 2014 e 2016.

O Fundo Amazônia beneficia 345 instituições e 142 mil pessoas envolvidas com atividades sustentáveis, como produção de açaí, castanha do Brasil, borracha, cacau, processamento de farinha de mandioca, artesanato, pesca e turismo comunitário.

Futuro – Neste ano o BNDES, em conjunto com o banco de desenvolvimento alemão Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW), concluiu uma prova de conceito para a utilização da tecnologia blockchain nos desembolsos do Fundo Amazônia. Desenvolvida inicialmente para dar suporte a moedas digitais, ela possibilitará maior controle sobre o fluxo dos recursos financeiros. A próxima etapa será a implementação de um projeto-piloto. Caso tenha êxito, poderá ser colocada em produção, contribuindo para ampliar a transparência quanto à aplicação dos recursos.

Mais informações sobre o Fundo Amazônia estão disponíveis no site http://www.fundoamazonia.gov.br

Para início da página