Willkommen auf den Seiten des Auswärtigen Amts

Ursula von der Leyen eleita Presidente da Comissão Europeia: O que acontecerá na Europa?

Ursula von der Leyen spricht an einem Rednerpult im Europaparlament

Ursula von der Leyen spricht bei ihrer Bewerbungsrede vor den Abgeordneten des Europaparlaments. Von der Leyen bewirbt sich als neue EU-Kommissionspräsidentin., © Michael Kappeler/dpa

16.07.2019 - Artigo

Pela primeira vez na sua história, o Parlamento Europeu elegeu uma mulher para a presidência da Comissão. Quais são seus principais objetivos e quais são os próximos passos?

O Parlamento Europeu elegeu Ursula von der Leyen como a nova Presidente da Comissão da UE. No seu discurso antes da votação, Von Leyen enfatizou que queria defender a unidade da Europa contra tentativas de divisão e desafios globais.

Ela anunciou um „acordo verde“ para a Europa nos primeiros dias e também quer propor um novo pacto para migração e asilo. Von der Leyen assumiu um forte compromisso com o estado de direito e quer melhorar as oportunidades de estudos dos jovens.

Defende também uma maior igualdade entre homens e mulheres e uma maior participação dos cidadãos europeus. Von der Leyen disse que a Comissão irá adotar iniciativas legislativas do Parlamento Europeu com as suas próprias propostas.


Maas: Trabalhando juntos por uma UE unida e forte

Imediatamente após a eleição, o ministro das Relações Externas, Heiko Maas, disse:

Felicito Ursula von der Leyen pela sua eleição pelo Parlamento Europeu. No seu discurso, ela promoveu uma UE unida e forte, pela qual agora queremos trabalhar juntos. Foi importante que hoje ela assumisse um claro compromisso com o Estado de Direito e com uma Europa social, solidária e soberana. Essa é a agenda certa para a UE.
O mundo não está esperando pela Europa. É por isso que é crucial olhar em frente e desenvolver rapidamente o programa da nova Comissão.

O que vem a seguir?

A Presidente da Comissão, o Alto Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança e os outros membros da Comissão apresentam-se, enquanto órgão, a um voto de consentimento do Parlamento Europeu. Antes desta aprovação, o Parlamento Europeu realiza audiências dos candidatos. Está previsto para começar em plenário de 16 a 19 de setembro. O voto de aprovação está atualmente agendado para o plenário em outubro (21-24 de outubro).

Por último, a Presidente da Comissão, com toda a Comissão, é nomeada pelo Conselho Europeu com maioria qualificada. Espera-se que isso aconteça no Conselho Europeu de outubro.




Para início da página