Willkommen auf den Seiten des Auswärtigen Amts

IMPORTANTE:  Está imediatamente proibida a entrada na Alemanha, inicialmente até 16 de abril!

Zettel mit Aufschrift Coronavirus: Kann / Darf ich noch reisen? vor Backdrop des Krisenstabes der Bundesregierung

Coronavirus: Kann / darf ich noch reisen?, © Auswärtiges Amt

09.04.2020 - Artigo

IMPORTANTE:  Está imediatamente proibida a entrada na Alemanha, a princípio, pelos próximos 30 dias!

A entrada na Alemanha está autorizada para:

  1. Cidadãos alemães e seus cônjuges, que estejam viajando com eles, mesmo que estes não tenham a residência habitual na Alemanha (para cônjuges: ter consigo impreterivelmente o comprovante de casados, e note a obrigatoriedade de visto que eventualmente possa valer para cônjuges não-brasileiros)

  2. Cidadãos da União Europeia e cidadãos de países terceiros com residência habitual na Alemanha
  3. Cidadãos de países terceiros que desempenhem funções essenciais:
  • Profissionais e pesquisadores da área de saúde, cuidadores
  • Diplomatas, colaboradores de organizações internacionais, militares, assistentes humanitários, desde que no exercício de suas funções
  • Passageiros em viagem devido a emergências familiares (enterro, tratamento médico urgente, comparecimento a audiências)

O trânsito pela Alemanha está autorizado para:  

  1. Cidadãos da União Europeia (bem como cidadãos do Reino Unido, Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça) e seus familiares que estejam retornando ao local de residência habitual  
  2. Cidadãos de países terceiros com permissão de residência permanente em outro país da União Europeia ou do Espaço Schengen
  3. Cidadãos de países terceiros que desempenhem funções essenciais:
  • Profissionais e pesquisadores da área de saúde, cuidadores
  • Diplomatas, colaboradores de organizações internacionais, militares, assistentes humanitários, desde que no exercício de suas funções
  • Passageiros em trânsito (inclusive aqueles conduzidos de volta ao seu país de origem com ajuda consular)
  • Passageiros em viagem devido a emergências familiares (enterro, tratamento médico urgente, comparecimento a audiências)

Medidas de Quarentena:

É necessária uma quarentena obrigatória de 14 dias para viajantes que chegam à Alemanha após uma estadia de vários dias no exterior. Isso também se aplica aos alemães. Os passageiros são obrigados a informar sua identidade, rota de viagem e formas de contato.
As respectivas empresas de transporte (por exemplo, companhias aéreas) devem coletar essas informações e informá-las às autoridades responsáveis. Isso é feito usando o cartão de saída e é usado para o rastreio das pessoas.


Mais informações:

Devido à propagação do coronavírus, muitos países impuseram restrições de viagens ou adotaram outras medidas para combater a disseminação da Covid-19. Viajantes podem encontrar aqui informações úteis e importantes para viagens à Alemanha.


1. Entrada no país: restrições de viagens e controles nas fronteiras

Em 17 de março, a Alemanha estabeleceu restrições à entrada no seu território de pessoas vindas de países fora do Espaço Schengen. Todas as entradas por avião ou navio serão afetadas. A entrada será permitida a cidadãos alemães.

Cidadãos da União Europeia e do Reino Unido, Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, bem como seus familiares, terão permissão para trânsito através da Alemanha para chegar a seus países de origem. A mesma regra valerá para estrangeiros que tenham permissão de residência em um desses países. Para outras pessoas a entrada na Alemanha poderá ser negada, caso o viajante não possa comprovar razões urgentes para visitar o país.

Além disso, controles temporários de fronteiras foram estabelecidos entre a Alemanha e a França, Áustria, Suíça, Luxemburgo e Dinamarca, desde as 8 horas da manhã de segunda-feira, 16 de março. A circulação de mercadorias e pessoas que cruzam essas fronteiras para trabalhar está autorizada. A entrada no país poderá ser negada em todos os casos de viagens não essenciais.

Segundo diretrizes de autoridades locais, os hotéis deverão oferecer hospedagem apenas quando estritamente necessário e não para fins turísticos. Muitos estabelecimentos, como bares, clubes, teatros museus e cinemas, estão sendo igualmente obrigados a fechar. Lojas de produtos de primeira necessidade, como mercados, supermercados, farmácias e drogarias, assim como bancos, permanecerão abertas. Outras lojas também poderiam ser fechadas.

Todos os viajantes devem considerar as informações e seguir as instruções do folheto abaixo. Folhetos serão distribuídos pelas empresas de transporte a passageiros em viagens à Alemanha:

Handout on Coronavirus

Passageiros de avião ou navio deverão  prestar informações sobre o seu voo/sua viagem. Eles receberão um cartão de desembarque para esse fim. Cartões de desembarque também serão obrigatórios em trens, se houver caso suspeito de contaminação no trem.

Plane disembarkation card

Ship disembarkation card

Os viajantes deverão esperar um maior rigor durante os controles, perguntas mais detalhadas e realização de controles de saúde em caso de dúvidas. As medidas também poderão ser adaptadas, caso necessário.

Informações mais detalhsdas sobre requisitos e procedimentos para entrada no país estão disponíveis aqui:

Ministry of Transport

Ministry of Health


2. Como se comportar na Alemanha?

Caso viajantes desenvolvam sintomas associados à Covid-19 (tosse, coriza, garganta inflamada e febre), eles deverão entrar em contato por telefone com um médico ou a hotline 116 117. Muitas vezes guias turísticos e hotéis também podem ajudar nesses casos. Os viajantes deverão ter os dados completos da embaixada ou consulado do seu país, caso necessite contatá-los. 

Um breve resumo de medidas de proteção para você e os outros estão disponíveis aqui:

Leaflet on coronavirus: Protect - Recognise - Act

Na Alemanha, o Instituto Robert Koch é responsável por identificar áreas de risco. Atualmente, o distrito de Heinsberg (no estado da Renânia do Norte-Vestfália) é o único local considerado área de risco. A lista atualizada pode ser consultada na website do Robert Koch Institute (somente em alemão).


Fique atento a regulamentações locais

Medidas de combate ao coronavírus são objeto de regulamentação local. Isso pode incluir medidas de quarentena, em caso de confirmação de infecção pelo coronavírus.  

A chanceler Angela Merkel e os governadores dos estados chegaram a um acordo, em 22.03.2020, sobre nove diretrizes conjuntas (em alguns estados e distritos vigoram, contudo, regras divergentes, mais rígidas):

  1. As cidadãs e os cidadãos serão orientados a reduzir o contato com pessoas que não pertençam ao círculo de familiares da mesma residência a um mínimo absolutamente necessário.   
  2. Em público, deve-se manter, sempre que possível, a distância mínima de 1,5 metro dos outros, com exceção das pessoas mencionadas no item 1.   
  3. A permanência no espaço público é permitida apenas individualmente, na companhia dos familiares da mesma residência ou de apenas uma pessoa que não compartilhe a mesma moradia.
  4. O  deslocamento para o trabalho e creches em funcionamento emergencial, compras, consultas médicas, participação em reuniões, compromissos obrigatórios e provas, ajuda a outros ou a prática individual de esportes e exercícios ao ar livre, bem como outras atividades necessárias, continuam permitidos.
  5. O cumprimento das restrições de contato deve ser fiscalizado pela polícia e pelos órgãos responsáveis pela ordem pública e as infrações devem ser punidas.
  6. Estabelecimentos do setor de gastronomia ficarão fechados. Exceções são as entregas e  retiradas de refeições para consumo em casa.
  7. Empresas do setor de beleza, como cabeleireiros, clínicas de estética e massagem, estúdios de tatuagem e estabelecimentos similares ficarão fechados. Tratamentos médicos necessários continuam permitidos.
  8. Em todos os estabelecimentos e, principalmente, nos locais com atendimento ao público, é importante cumprir as normas de higiene e implementar medidas eficazes para a proteção dos funcionários e visitantes.
  9. Essas medidas deverão vigorar por, no mínimo, duas semanas (até domingo, 5 de abril).

Vigência: espera-se uma prorrogação (decisão esperada para quarta-feira – completar com atualização)

De um modo geral, devem ser seguidas as orientações internacionais para o combate à propagação do coronavírus, ou seja: lavar as mãos regularmente e meticulosamente com sabão por 20-30 segundos, ao tossir ou espirrar, cobrir boca e nariz com lenço descartável ou a parte interna do braço, manter distância de outras pessoas e evitar apertos de mãos. Mais informações e detalhes podem ser consultados no site da World Health Organization.  


3. Trânsito por outros países e retorno para casa

Devido ao grande número de restrições de viagens recentemente impostas, a Alemanha orientou seus cidadãos a não realizarem viagens não essenciais a outros países.

Muitos países já estabeleceram restrições de viagens associadas à disseminação do coronavírus. É possível que alguns deles também impeçam a entrada ou imponham quarentena a viajantes provenientes da Alemanha. Essas medidas podem ser alteradas com muita rapidez.   

Viajantes devem, portanto, entrar em contato com a embaixada ou o consulado do país de destino ou trânsito para receber informações sobre possíveis restrições à entrada no país. Visitantes também devem se manter informados sobre mudanças das regulamentações durante a sua estada no exterior. Em muitos casos, o Ministério da Saúde ou outras autoridades competentes disponibilizam informações aos viajantes em suas páginas na internet.   


4. Onde encontrar mais informações

Mais informações estão disponíveis nos sites das seguintes instituições:

Ministry of Health

Ministry of Transportation

The World Health Organization

Robert Koch Institute

Risk areas by Robert Koch Institute (somente em alemão)

Para início da página